WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Geral’

BRASIL: Produtor rural deve se cadastrar para não perder benefício na conta de luz

O desconto pode chegar a 90% no valor da tarifa de energia elétrica para a classe.

Reprodução

O Governo Federal e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estão convocando consumidores de todo o país classificados como rural, que exercem atividade agrícola e rural ligada à irrigação e aquicultura, e possuem descontos tarifários na conta de energia elétrica, para atualizar o cadastro junto à concessionária de energia da sua região.
Em Rondônia, o recadastro está sendo realizado exclusivamente nas agências da Ceron, por meio de convocação por região. Para 2019, cerca de 45 mil clientes de 34 localidades do interior de Rondônia têm até 31 de outubro para procurar a agência de atendimento da Ceron. A atualização garante a permanência do benefício, que dá descontos que variam de 10% até 90%.
Entre essas classes se enquadram, por exemplo, consumidores que exercem atividades como agropecuária rural ou urbana, residencial rural, cooperativa de eletrificação rural, agroindustrial, serviço público de irrigação rural, escola agrotécnica e aquicultura.
A intenção do governo é revisar a documentação para conceder o desconto apenas para aqueles que estiverem enquadrados nas respectivas classes. Os consumidores das cidades convocadas que não comparecerem para atualização dentro do prazo definido perderão automaticamente o desconto.
Para se recadastrar, os clientes devem procurar a agência da Ceron da sua cidade até 31 de outubro portando os documentos específicos para a sua categoria, que variam entre rural e irrigante ou serviço público. Para saber quais são os documentos necessários ou tirar qualquer dúvida, basta ligar gratuitamente para o 0800 647 0120 ou acessar www.recadastramentoenergisa.com.br.
A lista com a convocação das demais cidades atendidas pela Ceron e o calendário com as datas de recadastro para cada região serão divulgadas em janeiro de 2020.

Agência Brasil

FAKE NEWS: Internautas se desesperam sobre morte de Pepe Moreno

O cantor Pepe Moreno, autor de músicas como Risca Faca e Menino de Rua, foi vítima de fake news mais uma vez nesta terça-feira (12/06). As informações são do Metrópoles.

Reprodução

Conforme o site, fãs do artista, de 45 anos, se assustaram no Twitter com informações falsas de que Pepe teria sofrido um acidente de carro com sua banda. A notícia agitou a rede social, levando internautas ao desespero.
De acordo com os usuários da rede, a informação era de que o artista havia perdido o controle de seu automóvel.
No Instagram de Pepe, Luiz Ricardo de Almeida, o advogado do cantor se manifestou: “É totalmente falsa a informação veiculada nas redes, neste dia, sobre seu suposto falecimento. Tomaremos todas as medidas cabíveis, tanto nas áreas cível e criminal em relação ao seu autor, bem como, em relação a quem estiver compartilhando, ou mesmo em relação aos veículos. Qualquer novidade, o Pepe, que está em novidade no Mato Grosso do Sul, informará a todos”.
O cantor também se manifestou no Instagram, ele disse: “Eu estou bem, não aconteceu nada comigo, não morri. Eu estou tomando uma providência contra esse Facebook”. :: LEIA MAIS »

FUTEBOL: Abertura da Copa América terá 10 minutos de duração e muita tecnologia

Na festa 12 crianças representarão os países participantes do torneio.

O ex-lateral da Seleção Brasileira, Cafu, posa com o mascote da Copa América Brasil 2019, no Estádio do Morumbi, zona oeste de São Paulo.

Com 400 pessoas em cena, 100 músicos e muita tecnologia, a cerimônia de abertura da Copa América vai mostrar o sonho de 12 crianças, cada uma representando um dos países que participarão da competição. Segundo os organizadores da Copa, a história das crianças será contada em duas partes: a primeira, no início, e a segunda, no encerramento da cerimônia, que terá início as 21h10 de sexta-feira (14), no estádio do Morumbi, em São Paulo.
“É a primeira vez, em grandes eventos, que a gente conta [uma história] neste formato [dividida em duas partes]. Desta vez, o Brasil, como anfitrião, convida toda a América do Sul para contar uma história juntos. Os protagonistas serão os 12 países juntos, com os dois convidados [Japão e Catar]”, disse o diretor artístico da cerimônia, Edson Erdmann. “A plateia do estádio vai participar e vai contar a história junto”, ressaltou.
Erdmann lembrou que os espetáculos que abriram a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, em 2016, contaram a história do Brasil. “Agora teremos ancestrais de todos os países convidados e vamos contar a história da América do Sul”, afirmou.
Durante a cerimônia será cantada a música-tema da Copa América deste ano, Vibra Continente, escrita por Rafinha RSQ, Léo Santana, Karol G e Ovy On the Drums. A canção, que será interpretada por Léo Santana e pela colombiana Karol G, mistura o swing latino e o funk.
A organização ainda não sabe quantos chefes de Estado vão participar do jogo de abertura da Copa América, entre Brasil e Bolívia. Até este momento, apenas o presidente Jair Bolsonaro e o emir do Qatar, Tamim bin Hamad al Thani, confirmaram presença.

Fachada do Estádio do Morumbi, na zona oeste de São Paulo.

Das 12 seleções que vão participar do evento, oito já estão no Brasil, e duas chegam hoje (12): Peru e Japão. As equipes do Paraguai e do Uruguai chegam amanhã (13).
Os portões do Morumbi serão abertos quatro horas antes do início do jogo entre Brasil e Bolívia, marcado para as 21h30. A dica é que as pessoas usem o transporte público e cheguem cedo ao estádio, já que será proibido circular de carro dentro da área de segurança estabelecida ao redor de cada um dos estádios.

Agência Brasil

BRASIL: Trabalho infantil ainda é preocupante, diz fórum

País tem 2,4 milhões de crianças e adolescentes entre cinco e 17 anos trabalhando.

Reprodução

No Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, lembrado hoje (12), a secretária executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), Isa Oliveira, afirmou que atualmente ainda há uma naturalização do trabalho infantil, como se fosse algo positivo para crianças e adolescentes.
“Mas é interessante observar que essa naturalização é para crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, que são vítimas de exclusão social”, disse. A secretária ressaltou que negros são maioria entre crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.
Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2016 mostram que o Brasil tem 2,4 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos trabalhando. Os adolescentes pretos e pardos correspondem a 66,2% do total do grupo identificado em situação de trabalho infantil.
Em relação ao perfil econômico das famílias com crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em situação de trabalho infantil, 49,83% têm rendimento mensal per capita menor do que meio salário mínimo, sendo consideradas família de baixa renda.
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) define como trabalho infantil aquele que priva as crianças de sua infância, seu potencial e sua dignidade. É também a forma de trabalho prejudicial ao desenvolvimento físico e mental das crianças, aquela as priva de oportunidades de frequentar a escola.
“O trabalho infantil expõe crianças e adolescentes a muitos riscos de acidentes, de mutilações, de adoecimento e de óbitos, no momento de desenvolvimento que requer muito cuidado, proteção e atenção”, afirmou a secretária-executiva.
A coordenadora do fórum diz que, apesar da redução registrada nos últimos anos, o cenário do trabalho infantil ainda é preocupante no Brasil, sobretudo na faixa etária entre 14 e 17 anos. Ela cita que de 1992 a 2015 houve redução de 65% no número de crianças e adolescentes nesta situação. As ações de fiscalização e programas de transferência de renda como a condicionalidade de frequência escolar estão entre as principais contribuições para o avanço na redução do problema, segundo afirmou.
“A principal estratégia é articular a inclusão escolar, mas garantindo que as crianças e adolescentes permaneçam na escola, aprendam e concluam o ensino básico. Essa estratégia precisa estar articulada com a política de assistência social que tem a responsabilidade de assegurar a proteção social.”

CONFIRA A LISTA COMPLETA DAS REGIÕES

Agência Brasil

BRASIL: Polícia indicia Eduardo Bandeira de Mello e outras 7 pessoas por mortes em incêndio do Ninho

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por homicídio com dolo eventual o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello pelas dez mortes no incêndio do Ninho do Urubu, CT do clube, no dia 8 de fevereiro de 2019.

Eduardo Bandeira de Mello foi indiciado por homicídio doloso em mortes em incêncio no Ninho Foto: Gilvan de Souza / Flamengo – 17.10.2018

As informações iniciais são da “TV Globo” e foram confirmadas pelo Extra. O ex-dirigente disse que não iria se manifestar porque ainda não foi notificado.
Além do ex-cartola, outras sete pessoas foram indiciadas pelo mesmo crime e de forma dolosa, quando se assume o risco de matar: o monitor Marcos Vinicius e os Engenheiros do clube Marcelo Sá e Felipe Ponde. Os engenheiros da NHJ Danilo Duarte, Weslley Giménes e Fábio Hilário e o técnico em refrigeração Edson Colman. Além das dez vítimas fatais entre 14 e 16 anos, mais três jogadores ficaram feridos.
Na investigação, assinada pelo delegado Márcio Petra, a polícia observou os envolvidos sabiam que o contêiner tinha diversas irregularidades estruturais e elétricas; a ausência de reparos dos aparelhos de ar condicionado instalados no contêiner; a ausência de monitor no interior do contêiner e a recusa de assinatura do TAC proposto pelo Ministério Público do Rio de Janeiro para que fosse regularizada a situação precária dos atletas da base do time.

Reprodução

Além disso, o inquérito aponta que o descumprimento da Ordem de Interdição do CT editada pelo Poder Público Municipal por falta do alvará de funcionamento e do certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros, e a piora das condições do alojamento dos jogadores da base, inclusive, no que se refere a segurança contra incêndio, assinalada nos autos da Ação Civil movida pelo MPRJ.

Confira a conclusão do inquérito com as circunstâncias na investigação. :: LEIA MAIS »

Japão oferece ajuda financeira ao Brasil em apoio a venezuelanos

O Japão decidiu oferecer ao Brasil US$ 3,8 milhões de dólares de auxílio em apoio a refugiados e imigrantes da Venezuela.

Reprodução

Até fevereiro, cerca de 3,4 milhões de pessoas saíram da Venezuela para países vizinhos, devido a problemas políticos e econômicos. As regiões que receberam essas pessoas tiveram queda na qualidade de vida devido ao rápido influxo.
O Japão já havia oferecido mais de US$ 1,8 milhão em equipamentos médicos e doações em apoio a venezuelanos que deixam o país- Reuters/Ricardo Moraes/ Direitos Reservados
A ajuda financeira deverá ser destinada a serviços médicos de emergência e medidas de proteção de crianças contra abuso e exploração.
Antes, o Japão já havia oferecido mais de US$ 1,8 milhão em equipamentos médicos e doações a órgãos internacionais de apoio a venezuelanos que deixam o país.

NHK

Inscrições do ProUni começam na próxima terça (11)

Serão abertas na próxima terça-feira (11), as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2019.

Reprodução

O programa oferta bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior.
O prazo para participar da seleção vai até 14 de junho. A inscrição deverá ser feita pela internet, no site do ProUni. É preciso informar o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e a senha.
Podem se inscrever candidatos que não tenham diploma de curso superior e que participaram do Enem 2018. É necessário ter obtido uma nota mínima de 450 pontos na média aritmética nas provas do Enem. Outra exigência é a de que o aluno não tenha tirado zero na redação.
Cada estudante precisa ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral. Também podem participar do programa estudantes com deficiência e professores da rede pública.

G1

‘Minha casa, minha vida’ poderá ter poupança para inquilinos

A pessoa faz uma poupança que pode usar para adquirir o imóvel — ressaltou Canuto, acrescentando que os empréstimos continuarão sendo feitos com recursos do FGTS e juros mais baixos.

Reprodução

Dez anos após ter sido criado, o programa ‘Minha casa, minha vida’ (MCMV) vai mudar. Entre as medidas em estudo anunciadas nesta terça-feira pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, está o estabelecimento de uma espécie de poupança para famílias com renda entre dois e sete salários mínimos.
Os mutuários pagarão uma quantia mensal que poderá ser usada, no futuro, para adquirir o imóvel. — Não é aluguel, não tem remuneração de capital. A pessoa faz uma poupança que pode usar para adquirir o imóvel — ressaltou Canuto, acrescentando que os empréstimos continuarão sendo feitos com recursos do FGTS e juros mais baixos.
As alterações farão parte de um projeto de lei a ser enviado ao Congresso ainda este ano. Outra mudança que será colocada em discussão com a sociedade consiste no financiamento de 100% do valor do imóvel pelo governo a famílias que recebem até um salário mínimo – classificadas como de baixíssima renda.
Também serão beneficiados com esse tipo de moradia social aqueles que perderem suas casas em catástrofes e calamidades e os que forem contemplados com residências construídas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ibahia

Novas unidades da Cesta do Povo já estão funcionando na Bahia

Após iniciar uma nova fase, retomando a operação na Bahia, a Cesta do Povo tem lojas abertas nos bairros da Boca do Rio, Mussurunga, Mata Escura e Castelo Branco, além disso já estão funcionando as unidades do interior em Mata de São João, Dias D’Ávila, Feira de Santana, Santo Estevão, Porto Seguro, Una, Itabela, Barra e Juazeiro.

Reprodução

Com o objetivo de oferecer variedade de produtos, qualidade e preços baixos, as unidades contam com hortifrúti, padaria e açougue. As lojas dispõem de mais de 15 mil itens de alimentos, bebidas, material de higiene pessoal e de limpeza de diversas marcas, além de fornecer sacolas plásticas ou caixas para embalar as compras e estacionamento.
Em breve devem ser inauguradas a Cesta do Povo do Ougunjá, em Salvador e as lojas de Morro do Chapéu, Irecê, Senhor do Bonfim e Xique-Xique. O cartão Credcesta também passou por inovações e é uma opção de pagamento que dá benefícios para o servidor público estadual.
Além de possibilitar a compra de alimentos nas unidades da Cesta do Povo, o Credcesta também pode ser utilizado em estabelecimentos credenciados, serviços financeiros completos, programa de pontos e outras vantagens.

A Tarde

Marinha do Brasil abre 31 vagas para ingressar na Escola Naval

Candidatos precisam ter o nível médio completo; inscrições podem ser feitas de 5 de junho a 5 de julho.

Reprodução

A Marinha do Brasil abriu novo concurso com 31 vagas para Admissão à Escola Naval. Desse total, 19 são destinadas a homens e 12 para mulheres, além disso, 20% das chances são reservadas a candidatos negros. Para participar é necessário ter entre 18 e 23 anos de idade no primeiro dia de janeiro de 2020; ter concluído, com aproveitamento, ou estar em fase de conclusão do 3º ano do Ensino Médio; não ser casado (a) ou não ter constituído união estável e não ter filhos, condição que deve permanecer durante todo o curso da Escola Naval, entre outros.
Os candidatos serão ser submetidos a prova escrita objetiva de matemática e inglês no primeiro dia e a prova escrita objetiva de física, português e de redação no segundo dia de exames, previstos para a 2ª quinzena de agosto e 1ª quinzena de setembro. Haverá ainda verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física (natação e corrida), avaliação psicológica, verificação de documentos, procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração e período de adaptação.
As provas serão realizadas em Brasília/DF, Rio de Janeiro/RJ, Angra dos Reis/RJ, Nova Friburgo/RJ, São Pedro da Aldeia/RJ, Vila Velha/ES, Salvador/BA, Natal/RN, Olinda/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, Amapá/AP, Piauí/PI, Santarém/PA, São Luís/MA, Rio Grande/RS, Porto Alegre/RS, Paranaguá/PR, Florianópolis/SC, Ladário/MS, Santos/SP, São Paulo/SP e Manaus/AM.
As inscrições devem ser feitas pelo site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, de 5 de junho a 5 de julho, ou presencialmente nas Organização Militares. O valor da taxa é de R$ 106.

Correio Braziliense





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia