WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Economia’

Feirão nacional para renegociar dívidas no SPC com descontos de até 90% vai até o próximo sábado (7)

Já está disponível para toda população o feirão online do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) para consumidores que precisam renegociar dívidas e limpar o nome.

| SERASA CONSUMIDOR

Reprodução

O serviço deve oferecer descontos de até 90% de descontos nas dívidas em atraso, com cerca de 120 empresas participantes.
Como renegociar dívidas no feirão do SPC
– verificar no site do feirão (CLIQUE AQUI) se a empresa para a qual ele está devendo está participando;
– fazer um cadastro no mesmo site;
– após a confirmação do cadastro, consultar o seu CPF para checar se tem alguma pendência. Essa consulta é gratuita;
– se tiver alguma dívida, verificar se ela está disponível para renegociação dentro do próprio site;
– após a renegociação, o consumidor pode baixar os boletos com as novas condições de pagamento.
Entre as empresas que farão parte do feirão estão bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços.
Além dos descontos, também serão oferecidos como opções de renegociação parcelamentos maiores ou novo prazo para quitar a dívida.

Governo reduz para R$ 1.031 estimativa de salário mínimo para 2020

A previsão anterior era de um valor de R$ 1.039.

| AGÊNCIA BRASIL

Reprodução

O valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano, que previa mínimo de R$ 1.039 para o próximo ano. (Reprodução)
Osalário mínimo para o próximo ano ficará em R$ 1.031, anunciou no fim da tarde desta terça-feira (26) o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. O valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano, que previa mínimo de R$ 1.039 para o próximo ano.
O novo valor do mínimo consta de mensagem modificativa do Orçamento de 2020 enviada na segunda (26) pelo governo ao Congresso Nacional. Segundo Rodrigues, a queda da projeção se justifica pela redução das estimativas da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para o próximo ano.
A mensagem modificativa reduziu para 3,5% a estimativa para o INPC em 2020, meio ponto percentual a menos que a projeção de 4% que constava no projeto de lei do Orçamento. A previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, caiu de 3,9% para 3,5%.
A estimativa de crescimento para a economia, em contrapartida, aumentou de 2,17% para 2,32%. A estimativa para a cotação média do dólar no próximo ano aumentou de R$ 3,80 para R$ 4.
Ao anunciar a revisão das estimativas, Rodrigues destacou que a nova política para o salário mínimo só será decidida nas próximas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro. O secretário de Fazenda, no entanto, diz que o valor servirá de referência para o Palácio do Planalto.

Preço de botijão aumenta a partir de segunda-feira (25)

| AGÊNCIA BRASIL

Petrobras vai reajustar em 4% o preço o gás de cozinha para a venda de em botijão de 13 quilos e para botijões grandes em 0,6% a partir da segunda-feira (25).

Reprodução

É o segundo aumento do gás para botijões de 13 quilos, em menos de um mês, em outubro houve alta de 5%.
Os repasses para o consumidor dependem da política de preços entre distribuidores e revendedores. Segundo a empresa, o preço da venda nas refinarias da Petrobras representa 40% do preço final do bujão, o resto do valor são impostos e lucro.

Caixa antecipa pagamento de saque do FGTS a todos os trabalhadores

Anteriormente, a previsão da Caixa era de que os saques imediatos somente seriam finalizados em 6 de março de 2020.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira, 21, que antecipará, para 2019, os pagamentos a todos os trabalhadores do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os saques dizem respeito a contas ativas e inativas do fundo, limitados a até R$ 500 por conta.
Para quem possui conta de poupança na Caixa, os valores são depositados automaticamente. Estes valores já foram depositados até o dia 9 de outubro.
Para quem não possui conta na Caixa, os saques podem ser feitos pelos canais de atendimento do banco (lotéricas, agências, caixas de autoatendimento e correspondentes bancários). Neste caso, os pagamentos começaram em 18 de outubro para os brasileiros com data de aniversário em janeiro. Quem optar pela transferência de recursos para outros bancos não precisará pagar nenhuma taxa.

Novo cronograma

Pelo novo cronograma, divulgado nesta segunda-feira pela Caixa, todos os trabalhadores poderão sacar o valor referente ao saque aniversário ainda em 2019. Para quem nasceu em fevereiro ou março, o início do saque será em 25 de outubro.
Para nascidos em abril e maio, o saque começa em 8 de novembro.
Para quem faz aniversário em junho e julho, o saque começa em 22 de novembro.
Para quem nasceu em agosto, o início será em 29 de novembro.
No caso de quem faz aniversário em setembro e outubro, a data de início é 6 de dezembro.
Por fim, para quem faz aniversário em novembro e dezembro, a data é 18 de dezembro de 2019.
A data-limite para recebimento dos valores continua sendo 31 de março de 2020.
Anteriormente, a previsão da Caixa era de que os saques imediatos somente seriam finalizados em 6 de março de 2020, quando seriam pagos os valores para quem faz aniversário em dezembro. :: LEIA MAIS »

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.039 em 2020

Valor consta no projeto de lei orçamentária enviado hoje ao Congresso.

Reprodução

O salário mínimo proposto pelo governo federal para o ano que vem é de R$ 1.039. O valor consta no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2020, que foi enviado hoje (30) para análise do Congresso Nacional, juntamente com o texto do projeto de lei que institui o Plano Plurianual (PPA) da União para o período de 2020 a 2023.
O valor previsto agora está abaixo da última projeção, anunciada em abril, que indicou um salário mínimo de R$ 1.040. A revisão para baixo está relacionada à correção do valor do salário mínimo de 2020 ser corrigido pela inflação desse ano, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que registrou queda nos últimos meses (de 4,19% para 4,09%).
Cada aumento de R$ 1 no mínimo terá impacto de cerca de R$ 298,2 milhões no Orçamento de 2020. A maior parte desse efeito vem dos benefícios da Previdência Social de um salário mínimo.
Mesmo com a ligeria redução, o salário mínimo do ano que vem vai ultrapassar a faixa R$ 1 mil pela primeira vez na história. O reajuste representa uma alta de um pouco mais de 4% em relação ao valor atual (R$ 998). / Tribuna da Bahia.

ITABUNA: Mais de 100 funcionários são demitidos da Penalty

Aproximadamente 600 funcionários continuam na empresa somando Itajuípe e Itabuna.

Reprodução

Neste final de semana a Penalty demitiu mais de 100 funcionários da fábrica de Itabuna. Rumores de fechamento das unidades em Itabuna e Itajuípe vinham deixando os funcionários preocupados. Entretanto, a direção da empresa, em contato com o sindicato dos trabalhadores, o Sintratec, negou que vá deixar a região.
Quanto às demissões, a Penalty alegou estoque alto e baixas vendas no período. Aproximadamente 600 funcionários continuam na empresa somando Itajuípe e Itabuna. Jéser Cardoso, do Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias Têxteis e de Calçados do Sul e do Extremo-Sul da Bahia (Sintratec), disse que manteve contato com a direção da empresa. “Eles nos disseram que já receberam isenção do governo do Estado e a pendência com o município [de Itabuna] já foi resolvida. Negaram que vá deixar o município”, disse.
Ainda segundo Jéser, não ficou confirmado se houve demissão em Itajuípe. A Penalty, marca que pertence à Cambuci, também concedeu férias coletivas a funcionários de um dos turnos da fábrica em Itabuna devido ao alto estoque, informou Jéser. / Pimenta.

Banco do Brasil anuncia programa com demissões e fechamento de 333 agências

O Banco do Brasil (BB) anunciou esta semana a revisão da estrutura organizacional, com transferência de empregados e desligamento consensual.

Reprodução

Segundo o banco, a implantação do Programa Adequação de Quadros, que consiste em um plano de ajuste da força de trabalho do banco, vai equalizar situações de vagas em excesso em algumas unidades.
Funcionários localizados em dependências com excesso no quadro podem aderir ao plano de desligamento incentivado. Esses funcionários também terão a possibilidade de movimentar-se, com priorização, para vagas existentes em outras unidades.
Segundo o banco, o desligamento dos funcionários interessados poderá ocorrer na modalidade aposentadoria ou no desligamento consensual. A adesão poderá ser feita a partir de amanhã (30) até 14 de agosto.
Além dos direitos regulamentares de desligamento de pessoal, haverá uma indenização vinculada ao tempo de trabalho no BB, de até 9,8 salários. O banco também ressarcirá o plano de saúde dos funcionários e dependentes econômicos pelo período de 1 ano.
Quem não tiver interesse em se desligar, será priorizado no processo de preenchimento das vagas e aqueles que perderem a função manterão sua renda pelo período de 120 dias.
Entre as medidas, também está a transformação de 49 postos de atendimento em agências e de 333 agências em postos de atendimento. “O atendimento aos clientes não sofrerá mudanças”, diz o BB. Segundo o banco, as agências transformadas em postos continuarão a prestar os mesmos serviços financeiros, havendo impacto somente na estrutura organizacional.
O BB pretende criar 42 novas agências especializados no atendimento a empresas, até outubro. Essa medida prevê a especialização de atendimento em carteira varejo, sem mudança física. :: LEIA MAIS »

REGIÃO: Aeroporto de Conquista gera demanda de empresários para investimentos

“Tem empresários que chegaram aqui e colocaram isso como pré-requisito para implantação de uma fábrica”, diz superintendente Paulo Guimarães.

Reprodução

O novo aeroporto de Vitória da Conquista, que será inaugurado pelo governador Rui Costa na próxima terça-feira (23), é uma demanda dos empresários para que novos empreendimentos de médio e grande porte sejam implantados na região. A informação é do superintendente de Atração de Investimentos e Fomento ao Desenvolvimento Econômico, Paulo Guimarães. “Tem empresários que chegaram aqui e colocaram isso como pré-requisito para implantação de uma fábrica, que ela estivesse no máximo a uma hora de um aeroporto, porque os dirigentes precisam se movimentar”.

Guimarães afirma que todo investimento em infraestrutura é importante e ajuda no desenvolvimento da região de Vitória da Conquista. “Conquista, em particular, a terceira maior cidade do estado, tem recebido uma série de investimentos ao longo dos últimos anos. A própria Desenbahia indica que muitos empreendedores da região têm solicitado financiamento para indústrias de pequeno e médio porte. Aquela é a nossa maior cidade próxima de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, portanto, é uma cidade com uma perspectiva de interação interestadual muito grande”.
O superintendente afirma que foi essa necessidade de aumentar o número de linhas aéreas e o fluxo de passageiros no interior da Bahia que motivou o Governo do Estado, há cerca de três semanas, a reduzir o ICMS para a área aeroviária. “Com isso, o governador anunciou 161 novos voos aqui para a Bahia, alguns deles para Vitória da Conquista, que é uma das cidades pólo mais importantes do estado”.

Vocação logística
Guimarães garante que o aeroporto de Vitória da Conquista tem vocação logística. “Uma das coisas que se precisa desenvolver é o aeroporto como um modal logístico para determinados tipos de produtos. Há muitos produtos que é mais interessante de serem encaminhados para seus consumidores por via aérea, como produtos perecíveis, medicamentos, flores e outras coisas que precisam ser transportadas com muita rapidez. O transporte rodoviário desses produtos fica muito caro. A via aérea, às vezes, é mais fácil e barata a depender da distância e da frequência de voos. Por isso a frequência de voos é tão importante”.

VEJA MAIS FOTOS

:: LEIA MAIS »

Distribuidoras poderão vender gás de cozinha diretamente ao consumidor

O valor do produto corresponde a cerca de R$ 26.

FOTO: HUGO BARRETO/ESPECIAL PARA O METRÓPOLES

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (18/07), em reunião de diretoria, a revogação de resoluções editadas pelo governo em 2016 e que proibiam a venda direta de botijões de GLP (gás de cozinha) por distribuidores de combustíveis.

“É o fim da obrigatoriedade que o botijão de gás de cozinha de 13 kg tenha que passar pelo revendedor de GLP antes de chegar ao consumidor. Assim estamos eliminando uma restrição regulatória que nunca se confirmou na prática”, disse o diretor-geral da ANP, Décio Oddone.

“A questão do GLP é crucial, hoje ele é vendido R$ 70 em média, mas tem lugares que são R$ 100. O valor do produto corresponde a cerca de R$ 26, os tributos são R$ 12 e o resto são as margens de distribuição e revenda”, explicou o diretor-geral da ANP.

Artigos revogados
Para permitir a venda direta, foram revogados os artigos 36 da resolução 49/2016 e 27, da 51/2016, que proibiam os distribuidores de GLP de participar diretamente da atividade de revenda.

“Nós estamos trabalhando no sentido de aumentar a competitividade, que tem como pano de fundo melhorar o preço pro consumidor”, disse o diretor Dirceu Amorelli. Ele disse ainda que a decisão é importante por se tratar do primeiro passo na direção de uma regulação menos restritiva no setor. / Metrópoles.

BRASIL: Governo fará ajustes na reforma para facilitar aposentadoria das mulheres

O governo aceitou fazer uma modificação no relatório da reforma da Previdência para facilitar a aposentadoria das mulheres.

Reprodução

A mudança — que será feita na forma de destaque apresentado por partidos da maioria, durante a votação do texto no plenário da Câmara dos Deputados — vai permitir que as mulheres possam ter direito a 60% do valor do benefício a partir dos 15 anos de contribuição. Ao atingir esse critério, elas poderão receber 2% a cada ano a mais na ativa.
No relatório aprovado na comissão especial, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) reduziu o tempo mínimo de contribuição das mulheres de 20 anos para 15 anos. Com isso, elas teriam direito a 60% do benefício. No entanto, só receberiam mais 2% por ano após os 20 anos de contribuição.
Isso faria com que tanto a mulher que se aposentasse com 15 anos de recolhimento, quanto a que se aposentasse com 19 anos de contribuição ao INSS, por exemplo, recebessem 60%, o que desestimularia as mulheres a contribuírem por mais tempo.
Com a mudança acordada com o governo, a mulher começa a receber os 2% adicionais a partir dos 15 anos de contribuição.
A medida beneficia mulheres com direito a aposentadoria em valor superior ao salário mínimo e vai representar, em média, um ganho de 10% sobre a média das contribuições, segundo técnicos a par das negociações. Com 25 anos de contribuição, por exemplo, as mulheres terão direito a 80% do valor do benefício. O percentual incide sobre a média de todas as contribuições. De acordo com estimativa preliminar, o impacto deve superar R$ 20 bilhões em 10 anos.
A alteração contempla a bancada feminina na Câmara e faz parte do esforço para conseguir os 308 votos necessários à aprovação da reforma. Moreira manteve o tempo mínimo de contribuição dos homens em 20 anos. / Extra.

Calcule o tempo que falta para você se aposentar CLICANDO AQUI





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia