WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Polícia’

BARBÁRIE: Sobrinho mata a tia, arranca o coração e leva o órgão para a filha da vítima

Maria Zélia havia expulsado o sobrinho de casa ao descobrir que ele era usuário de drogas; crime bárbaro chocou cidade do Mato Grosso.

Maria Zélia da Silva, de 55 anos (acima), foi assassinada pelo sobrinho. (Arquivo Pessoal/Reprodução)

Lumar Lopes, de 28 anos, foi preso na noite da última terça-feira (2) suspeito de ter assassinado a facadas sua tia, Maria Zélia da Silva, 55, arrancado o coração dela em seguida e levando o órgão para a filha da vítima. O crime aconteceu em Sorriso, no Mato Grosso. O rapaz confessou o ocorrido à família, de acordo com a polícia.
Segundo os familiares, Lumar era usuário de drogas e morava em São Paulo. Ele estava hospedado na casa da tia, no bairro Vila Bela, em Sorriso. Após a vítima descobrir o vício do sobrinho, o rapaz foi expulso da casa.
O filho de Maria Zélia, primo do assassino, arranjou uma quitinete para que Lumar ficasse temporariamente. O suspeito já havia deixado a residência, porém, voltou à casa da tia para matá-la a facadas. Depois, arrancou o coração da mulher e levou o órgão em uma sacola para a filha da vítima, Patrícia Campos.
Segundo ela, o primo estava “fora de si” e exigia que ela entregasse sua filha de 7 anos. Em seguida, Lumar roubou o carro de Patrícia e saiu da casa.
De acordo com o perito Nilson Carlos Dalberto, o suspeito usou duas facas para matar a vítima. A mulher tinha três ferimentos, sendo no pescoço e no tórax.
“Ela apresenta espuma na boca, o que muito provavelmente indica que, durante a abertura do tórax, essa vítima ainda estava respirando. Não é possível afirmar se estava consciente ou não. É um fato completamente fora do comum, muito diferente do que a gente está acostumado a ver”, disse o perito ao G1.
O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso. Lumar foi preso e levado à delegacia da Polícia Civil. /

G1.

MAIQUINIQUE: Recém saído da prisão é executado a tiros

Identificado pelo prenome de Adriano, a vítima foi executada poucos dias depois de ter saído da cadeia por envolvimento com o tráfico de drogas.

Reprodução

Mais um jovem foi vítima da Guerra do Tráfico no Município de Maiquinique. Na noite desta terça-feira 02, moradores próximos ao local conhecido como Pista do Vaqueiro, se assustaram com o barulho de diversos disparos de tiros de arma de fogo, fato ocorrido por volta das 22h. A Polícia foi acionada, e ao chegar ao local (atrás da pista) encontrou o corpo de um jovem já sem vida. CLIQUE AQUI – CUIDADO, IMAGEM FORTE.
O jovem que havia levado cerca de dez tiros, foi executado ao que tudo indica por ação de indivíduos envolvidos com o tráfico de drogas. Identificado pelo prenome de Adriano, a vítima foi executada poucos dias depois de ter saído da cadeia por envolvimento com o tráfico de drogas. A Polícia Técnica foi acionada, mas até o início da manhã ainda não havia chegado ao local. O corpo foi levado pelo DPT – Departamento de Polícia Técnica para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga. A Polícia investiga o caso. /Revista Geral Bahia.

BAHIA: Encapuzados invadem residência, mandam jovem sair e o executam com vários tiros

Vítima de 22 anos foi morta diante da companheira, que disse não reconhecer os autores, nem a motivação do crime.

Reprodução

O jovem Renilson Pimentel de Miranda, de 22 anos, foi executado a tiros na frente da companheira, no povoado Cinco Umbuzeiros, zona rural do município de Tucano, na região sisaleira da Bahia, no início da madrugada desta terça-feira (2). Segundo a Polícia Militar informou ao site Notícias de Santaluz, a mulher relatou aos policiais que dois indivíduos encapuzados invadiram a residência por volta de 1h, mandaram a vítima sair da casa e, em seguida, executaram o jovem com vários tiros. O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade. / Notícias de Santaluz.

Jovem Revelação do atletismo de 18 anos é encontrada morta em casa

Polícia investiga suposto suicídio. Confederação Brasileira de Atletismo lamentou a morte da atleta, encontrada morta em casa, no domingo (30).


A atleta Alana das Neves Maranhão, de 18 anos, foi encontrada morta em casa, em Paranavaí, no noroeste do Paraná, na noite de domingo (30), de acordo com a Polícia Civil. A polícia informou que instaurou inquérito para apurar o caso, e que trabalha com a possibilidade de que tenha se tratado de suicídio. Em nota, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) lamentou o falecimento de Alana.
A CBAT expressou “o mais profundo pesar em nome da comunidade do atletismo pelo ocorrido”, além de condolências aos familiares e amigos. Ainda conforme a confederação, em 2017, a atleta participou do Campeonato Mundial Sub-18 de Nairóbi, no Quênia, ao disputar as provas de lançamento de dardo.

Ela se classificou ao conquistar a primeira colocação no ranking brasileiro. Alana foi finalista do mundial e terminou a competição em 11º lugar. / G1.

ITARANTIM: Atenção com notas falsas no comércio deve ser redobrada

Cuidado com dinheiro falso. Algumas notas já foram passadas no comércio de Itarantim.

Reprodução ilustrativa

Todos devem ficar atentos sobre a circulação de notas falsas, pois é justamente nesse período de festas juninas e eventos tradicionais e também nos horários de pico do comércio que espertalhões se aproveitam do movimento para passar dinheiro falso.
Assim os consumidores e lojistas devem ficar atentos. Uma das táticas mais utilizadas é utilizar notas falsas de valores altos para comprar itens baratos, em busca do troco ‘limpo’. O perigo está aí, a pessoa que recebe uma nota falsa quase sempre terá de arcar com o prejuízo, porque não existe uma legislação que garanta a troca por dinheiro verdadeiro. Se o saque for feito em caixa eletrônico, a recomendação é que o consumidor tire um extrato que comprove o saque e procure o gerente da agência afim de que possa haver um entendimento mútuo acerca do ressarcimento dos valores.
Nesta quinta-feira (27), um comerciante informou em uma publicação numa rede social que havia recebido uma nota falsa. A nota de r$ 100, 00 (cem reais) foi usada como pagamento em seu estabelecimento.
O comerciante alertou para o perigo pedindo à população para que fique atenta. “Está circulando várias notas falsas de cem reais aqui na cidade. Nós fomos sorteados com uma dessas ”, disse o comerciante.
Quem falsifica, fabrica, adquire, vende, troca, guarda ou tentar colocar uma cédula falsa em circulação está passivo de prisão com penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão.
Por isso, é importante não repassar a nota. Ao receber dinheiro falso deve procurar a Polícia ou entregar a um banco, que fará o encaminhamento.
O crime de moeda falsa está previsto no artigo 289 do Código Penal.

REGIÃO: Mãe e filho são presos com drogas dentro de casa

“Kaique de Carmen” como é conhecido, tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas foi alcançado e preso.

Reprodução

Mãe e filho foram presos na última quinta-feira, 27, após policiais encontrarem mais de meio quilo de maconha prensada, outras 56 buchas da mesma droga e um simulacro de pistola calibre 45, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência dos suspeitos, no município de Ibicaraí (distante 470 quilômetros de Salvador).
De acordo com a Polícia Civil, a dupla foi identificada como Ewerton Kaíque Pereira dos Santos, de 26 anos, e Carmem Lúcia Alves Pereira, de 49. Ao perceber a chegada da polícia, “Kaique de Carmen” como é conhecido, tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas foi alcançado e preso.
Ambos foram conduzidos para a DT/Ibicaraí e autuados em flagrante, ficando à disposição da Justiça. / A Tarde.

BRASIL: Traficante tem vísceras arrancadas e dedos cortados por colegas de cela

William Felipe Matos da Silva estava preso na Penitenciária da mata Grande há apenas uma semana.

Reprodução

O preso William Felipe Matos da Silva, de 22 anos, foi assassinado por colegas de cela, terça-feira (25), na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis (219 km de Cuiabá).
Segundo a Polícia Judiciária Civil (PJC), ele foi perfurado com instrumentos cortantes e teve suas vísceras arrancadas. Alguns dos dedos de Willian foram cortados e colocados em um prato, pelos assassinos.
William estava preso por tráfico de drogas no anexo azul da unidade prisional, onde havia dado entrada há apenas uma semana, no dia 19 de junho.
O corpo foi encontrado por agentes penitenciários, no início da noite da última terça-feira.
A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local para manusear o corpo e encaminhá-lo ao Instituto Médico Legal (IML).

William Felipe Matos da Silva, de 22 anos

O IML fará exame de necropsia na vítima. O motivo do crime é desconhecido, a PJC investiga o caso. / Repórtermt

BAHIA: Suspeito da morte de Will Oliveira se entrega à polícia.

Iuri Sheik se apresentou na sede do DHPP, em Salvador. Caso aconteceu em Santo Antônio de Jesus, durante festejos juninos.

Reprodução

O empresário e digital influencer Iuri Sheik, suspeito de atirar e matar um empresário na cidade de Santo Antônio de Jesus, recôncavo baiano, se apresentou à polícia na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, na tarde desta quarta-feira (26). A vítima morreu no final desta manhã. Na chegada à delegacia, Iuri não falou com a imprensa. Disse apenas que o ato “destruiu” a vida dele. Assista:
O empresário William Oliveira foi baleado após uma discussão durante os festejos juninos, no domingo (23). Iuri Sheik era procurado pela polícia desde a noite do crime. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi expedido na segunda-feira (24) e ele estava foragido desde então. A vítima foi baleada enquanto estava em uma festa de “paredão”, depois de uma discussão de trânsito com o digital influencer. A Polícia Civil suspeita que o disparo tenha sido motivado após a vítima negar um aperto de mão a Sheik. Seis testemunhas do caso já foram ouvidas.

Na segunda-feira (24), a vítima passou por cirurgia e, na manhã desta quarta, chegou a apresentar melhora, mas o quadro se agravou em seguida. Ainda não há informações sobre a liberação do corpo e nem onde e quando devem ocorrer velório e sepultamento. Já na terça-feira (25), Iuri postou uma foto em seu perfil no Instagram em que aparece chorando e uma outra imagem em que diz na legenda que vai se apresentar. “Toda versão existe dois lados. Logo mais vou me apresentar e contar realmente o que aconteceu”, escreveu.


Depois do crime, Iuri tornou o perfil no Instagram privado e só colocou a rede social como pública novamente na terça, pouco antes de fazer a postagem. O Instagram dele tem 288 mil seguidores. Na rede social, já compartilhou fotos com diversos famosos, entre eles os jogadores Neymar e Daniel Alves.

Caso

:: LEIA MAIS »

ITARANTIM: Homem que atropelou idoso ainda não se apresentou à polícia

Nas imagens é possível ver o motorista fugindo do local ao constatar o corpo do homem.

Reprodução 

Há quase uma semana da morte de Arnaldo Rodrigues Ludovico (66 anos), que teve a cabeça esmagada por um caminhão, até agora o motorista não se pronunciou à polícia.
O acidente aconteceu na última sexta-feira (21). As imagens foram registradas pela câmera de monitoramento de uma residência que flagrou o momento exato em que o caminhão atropela o idoso que estava deitado na rua.

ASSISTA O VÍDEO

Nas imagens é possível ver o motorista fugindo do local ao constatar o corpo do homem. Momentos antes, ele conversa com duas mulheres que passava pelo local. Possivelmente elas o informam sobre o ocorrido.
Até o momento, ainda não foram divulgadas informações sobre o paradeiro do motorista. / Foto e Vídeo: Radar Itarantim

RELEMBRE A MATÉRIA

Casal é preso suspeito de manter mulher em cativeiro durante 20 anos

Écio Pilli Júnior e Marina Okido foram presos acusados de manter uma mulher em cativeiro durante ao menos 20 anos.

Reprodução

Um casal foi preso na no fim da noite de ontem em Vinhedo, no interior de São Paulo, após ser acusado de manter uma mulher, agora idosa, em cativeiro durante ao menos 20 anos, segundo a Polícia Civil. A vítima, Iva da Silva de Souza, de 63 anos, trabalhava como cuidadora sem receber pagamento e era mantida isolada em dois cômodos, na casa dos suspeitos, no bairro João XXIII, sem poder fazer contato com outras pessoas.
A família dela, da cidade de Colorado, no Paraná, havia dado queixa à polícia em razão do seu desaparecimento, no fim da década de 90, mas a mulher nunca foi encontrada.
Conforme a polícia, Écio Pilli Júnior, de 47 anos, e Marina Okido, de 65 anos, usaram os documentos da vítima para abrir conta

Família deu queixa à polícia sobre desaparecimento da vítima no final da década de 90 [imagem ilustrativa]

em banco e emitiam cheques sem fundos em nome dela. Os golpes no comércio levaram a Polícia Militar à casa dos suspeitos de estelionato.
Quando os policiais abordaram o casal, a vítima pediu ajuda. O casal tentou disfarçar a situação, que pareceu estranha aos policiais. A vítima foi levada à delegacia da Polícia Civil e contou que era obrigada a cuidar da mãe de Marina, uma idosa de 88 anos, em troca apenas de alimentação.
A vítima contou ter sido trazida ainda jovem do Paraná pelos pais de Marina para trabalhar como doméstica deles, mas depois passou a ser empregada do casal. Além de cuidar da mãe de Marina, desde que esta se tornou idosa, ela também fazia as tarefas de casa e acabou submetida à situação análoga à de escravidão. Ela contou que, por várias vezes, foi agredida pelo casal e impedida de sair de casa. Iva não podia se comunicar com a família por carta ou telefone. Os dois retiveram seus documentos pessoais e os usavam para aplicar golpes no comércio. O casal foi indiciado em inquéritos por estelionato, tortura e cárcere privado. A vítima foi encaminhada para um abrigo municipal. A polícia tenta contatar os familiares dela no Paraná. A investigação também vai apurar se outras pessoas sabiam da situação da vítima e acobertaram o caso. A mãe de Marina, que era cuidada por Iva, foi encontrada debilitada e doente. Ela foi encaminhada para a Santa Casa de Vinhedo e permanecia internada na manhã de hoje. / Uol.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia