WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Polícia’

ACIDENTE: Mulher passa mal, atropela e mata motociclista na BA-263

O SAMU chegou a ser acionado, mas Roberto Souza de Jesus, de 39 anos, já estava sem sinais vitais.

Reprodução

Um grave acidente de trânsito ocorrido na manhã deste domingo (26) provocou a morte de um motociclista, em um trecho da BA-263, na cidade de Itapetinga, sudoeste da Bahia. A vítima foi identificada como sendo Roberto Souza de Jesus, de 39 anos, morador de Itagimirim.

De acordo com o site Itapetinga Repórter, o motociclista foi atingido por um carro após a condutora deste veículo perder o controle da direção.

Ela teria passado mal no momento do acidente. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, mas o motociclista já estava sem sinais vitais. O corpo de Roberto, conhecido em Itagimirim como “Morangão” foi removido ao Instituto Médico Legal da cidade de Itapetinga. Segundo o Rastro 101, não foi informado se a motorista do carro ficou ferida no acidente. Também não há detalhes sobre o velório e o sepultamento de Roberto.

 

Itapetinga Repórter

CRIME: Itapetinguense é morto a facadas pela esposa em Ilhéus

Mulher teria sido agredida violentamente por Agnaldo Araújo Amaral. Ela pegou uma faca e o golpeou mortalmente.

Reprodução

Uma briga de casal terminou com um homem morto e a mulher ferida na madrugada deste domingo (26), na Rua Jasmim, no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. Segundo relatos de vizinhos, confrontos eram comuns na residência e o histórico de confusões era intenso. Depois de horas de bate boca entre Yoná Santos e Agnaldo Araújo Amaral, a mulher foi agredida vindo a sofrer tentativa de homicídio, foi quando pegou uma faca e desferiu vários golpes no homem.
O SAMU foi chamado para atender a ocorrência, mas Agnaldo já estava morto quando o socorro chegou. A vítima seria natural de Itapetinga. A PM esteve no local para apurar o fato e preservou o corpo, enquanto a aguardava a chegada da equipe do departamento de polícia técnica. Segundo o site Fábio Roberto Notícias, o crime bárbaro será apurado com rigor pelos competentes investigadores do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin/Ilhéus.

A polícia militar prendeu em flagrante Yoná Santos, conhecida por Náh, acusada de ter matado o marido Agnaldo Araújo Amaral com golpes de faca, na madrugada deste domingo, 26, na Rua Jasmim, bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. O crime aconteceu na residência do casal, que após intensa briga, o homem tentou matar a companheira com um facão, e, para se defender, a mulher pegou uma faca na cozinha e desferiu único golpe do esposo, vindo a óbito no local. A polícia militar conduziu a mulher para delegacia por volta das 01h30 da madrugada, ficando detida na carceragem da 7ª Coorpin à disposição da justiça.

Fábio Roberto Notícias

Bebê de dois anos é estuprada. Autor do crime é preso

O crime aconteceu nesta sexta-feira (24), por volta das 13 hrs.

Reprodução

Uma guarnição da cidade de Divisa Alegre foi acionada com o relato de que um indivíduo que a três meses estava no povoado de Abacaxi (proximidades do posto Faisão na Br 116), limite entre as cidades de Pedra Azul e Águas Vermelhas, teria apanhado uma criança do sexo femino de apenas dois anos de idade, levada à um matagal para estuprá-la.

O Sgt. QPPM Jandair foi acionado pelos familiares da vítima e estava local antes da chegada das viaturas. O militar percebeu a criança chorando em meio ao matagal e viu o  indivíduo evadindo-se do local.
A criança foi levada ao hospital de Águas Vermelhas, onde o médico de plantão constatou graves lesões na vagina e no ânus.

A mesma foi encaminhada ao Hospital de Pedra Azul onde passará por cirurgia e avaliação do Médico Legista.

O estuprador que não teve o nome revelado, acabou sendo pego pela população enquanto fugia pelado pelo matagal. Ele se machucou levemente durante a fuga, foi amarrado e entregue para a polícia.

Jornal Almenara

CRIME BRUTAL: Viciado surta e mata a própria irmã a facadas

O caso aconteceu dentro de uma quitinete, onde os irmãos moravam na comunidade João Paulo 2, na Zona Leste de Manaus.

Reprodução

Durante uma crise de abstinência, o dependente químico Andres Ferreira Coelho, de 18 anos, matou a própria irmã, a universitária Eliza Ferreira Coelho, de 26 anos, com oito facadas. Após o crime, o suspeito foi brutalmente espancado pela população, quando tentava fugir. O caso aconteceu, por volta das 14h30, desta quarta-feira (23), dentro de uma quitinete, onde os irmãos moravam, na avenida Mirra, comunidade João Paulo 2, quarta etapa do bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.
Eliza Ferreira Coelho, de 26 anos, foi morta com oito facadas pelo próprio irmão. ‘Ela só queria o bem dele’, diz a família.

“Ele teve um surto porque a irmã não deixava ele sair para consumir entorpecentes. Infelizmente após uma discussão ele se armou com uma faca e desferiu os golpes na vítima”, informou o delegado Torquato Mozart, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O delegado informou, ainda, que a mulher foi atingida com facadas nos braços e costas. “Ela tentou se proteger e teve cortes profundos nos braços, no total, seis perfurações de defesa. Os golpes nas costas foram fatais”, disse Mozart. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: Funcionária de hotel é encontrada morta em casa

Familiares, ao perceberem a ausência da jovem Râmila Profeta, de 23 anos, foram à casa dela. Após arrombarem a porta, encontraram o corpo sem vida.

Reprodução

Foi encontrada morta no interior da própria residência, na Avenida Princesa Isabel, Râmila Santos Profeta de Oliveira, 23 anos de idade, filha de Almir de Oliveira, presidente da Associação dos Taxistas de Ilhéus. De acordo com informações do pai, Râmila faleceu entre a noite de segunda pra terça-feira (21), e a família só percebeu após arrombar a porta e presenciar sem vida.
A jovem era funcionária do hotel Cana Brava há mais de 6 anos, no setor da Controladoria, e era formada em Ciências Contábeis. Segundo o site Fábio Roberto Notícias, o corpo foi sepultado na manhã desta quarta-feira, 22, no cemitério do Basílio, com a presença de familiares, amigos e colegas de trabalho. Ao enlutados, nossos sinceros sentimentos.

Reprodução

Fábio Roberto Notícias

ITARANTIM: Um morre e outro fica baleado em operação da Caesg contra o tráfico de drogas

Troca de tiros aconteceu durante uma operação da Caesg contra o tráfico de drogas nesta quarta-feira (22). Objetivo é desarticular a ação do crime organizado.

Reprodução

Durante a diligência, um dos envolvidos no tráfico, identificado apenas pelas iniciais D.S.A, 17 anos, vulgo Goda, foi atingido durante o confronto e veio a óbito. Outro se encontra ferido no Hospital Regional de Itarantim. A ação aconteceu por volta das 18 e 30 no bairro Cajazeiras.
De acordo com a polícia, nos próximos dias serão intensificadas as ações contra

D.S.A, 17 anos, o Goda, foi baleado e morreu.

o tráfico de drogas que deverão continuar em toda cidade, principalmente nos locais onde supostamente funcionam “bocas de fumo”, e até que todos os suspeitos, alvos da operação, sejam presos.

Pela manhã, uma guarnição da CIPE Sudoeste realizava rondas ostensivas no centro da cidade, quando visualizou um indivíduo, identificado pelo prenome de Gustavo, em atitude suspeita. O mesmo, ao notar a presença da força policial, dispensou um objeto próximo a ele.
Durante abordagem, a polícia descobriu que o mesmo havia dispensado uma peteca de substância semelhante à maconha. Com o jovem, foi encontrada uma quantia de R$ 850,00, que não soube informar a procedência.
A polícia seguiu em diligencia na residência de Gustavo, onde foi localizado embaixo do colchão uma sacola com 33 petecas de igual substância, além de diversas embalagens para acomodação da droga.
Diante do exposto foi dada voz de prisão e o indivíduo encaminhado à DP de Itarantim para que fossem adotadas as medidas cabíveis.
De acordo com a polícia, o material apreendido foi: 34 petecas de substância análoga à maconha, pesando aproximadamente 100g, 03 munições cal. 38 (sendo 1 deflagrada), r$ 850,00 (oitocentos e cinquenta reais) em espécie.

Durante a tarde, por volta das 14h30, uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Sudoeste) apresentou na delegacia o indivíduo Natan Peixoto Silva, 19 anos, pelo crime de tráfico de drogas.

Com o jovem foi encontrado 11 cápsulas de cocaína embaladas para a venda, escondidas no interior de um colchão, na rua Vasco da Gama. Foi lavrado o auto de prisão em flagrante em desfavor do conduzido por tráfico de drogas.

Conheça 1ª mulher a ser promovida a tenente-coronel na Polícia Militar da Bahia

Nível hierárquico, nunca antes ocupado por uma mulher, está um abaixo da patente máxima.

Ana Fernanda entrou na PM já médica (Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Na sala em tons brancos que, já à primeira vista, lembra um consultório, poucos detalhes dos trajes da pediatra Ana Fernanda de Borja Gonçalves Dantas, 54 anos, a identificam como médica. A roupa, por si, indica: é uma policial.
As duas estrelas douradas [além da prateada] sobre a placa de platina na parte superior do uniforme, no entanto, anunciam que Fernanda não é só uma das 4.848 do efetivo total de policiais militares, mas a primeira mulher promovida a patente de tenente-coronel da corporação na Bahia. O nível hierárquico, nunca antes ocupado por alguém do sexo feminino, coloca Fernanda a um passo do poder que tem o coronel, ou ‘coronel fechado’, maior patente da Polícia Militar.
Ana Fernanda pertencia a um grupo também restrito da comunidade militar feminina: ela era uma das 35 majores atuantes em territórios baianos, ao lado das policiais Denice Santiago, comandante da Ronda Maria da Penha, Maria Cleudi Milanezi, comandante da companhia de PMs do Rio Vermelho, e Patrícia Barbosa, da Barra. Se levado em consideração o número total de militares da Bahia (31.788), é como se, para cada 100 policiais, apenas 15 fossem mulheres.
A cerimônia de mudança da patente, realizada no último dia 7 de maio, no Quartel do Comando Geral (QCG), no Largo dos Aflitos, marcou o momento em que a “ficha caiu” para a tenente-coronel, médica, bacharel em Direito e mestranda em Administração Pública.

Durante uma entrevista de quase duas horas, no departamento médico do Centro de Operações e Inteligência da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), no Centro Administrativo (CAB), Ana Fernanda contou ao CORREIO os passos da trajetória de 25 anos de corporação até o momento – quando fez história enquanto mulher na polícia baiana. É no CAB que ela presta assistência médica aos servidores de todos os polos da segurança, às terças-feiras.

‘Minha maior honra’
Em postura impecável, o olhar manteve-se atento na maior parte do tempo. A voz ecoa baixo e sempre muitos segundos depois de cada pergunta, como quem pensa, ainda que de forma breve, antes de falar. Chega a embargar, no momento em que comenta a promoção.
“Me sinto honrada, pertencer à PM é algo que muito me orgulha. Virar tenente-coronel, ou só coronel, como falamos, não foi um plano, mas foi surgindo. Estou muito feliz com essa promoção e espero que outras mulheres venham, que seja um caminho se abrindo para outras”, comenta, visivelmente emocionada.
Além das cores das estrelas em destaque no uniforme [veja glossário de patentes abaixo], o salário de tenente-coronel também aumenta. Há, ainda, o tratamento com os antigos superiores, cuja patente não precisa mais ser citada. O então chefe, o também tenente-coronel Antônio Silva Magalhães, para Ana Fernanda, contudo, continua ‘coronel Magalhães’.
“Eu ainda não me acostumei que agora já posso chamar ele de forma direta”, explica, aos risos, à vista do coronel. Ana confirma melhoria das finanças, mas não sem acrescentar que, junto com mais dinheiro, vem também mais trabalho. “São 40 horas semanais, sendo às terças-feiras no COI e quartas e quintas no Departamento de Saúde, no Bonfim, onde sou lotada”.

“Fernanda entrou médica na PM, ela não passou por um concurso de praças, mas, sim, o 1º concurso de oficiais específicos da área de saúde [dentistas e médicos]. É uma mulher plenamente capacitada a gerir postos. Plenamente capaz e competente”, diz, ao tentar resumir o papel da colega de patente.
Coronel Magalhães explicou que a trajetória até o nível hierárquico que ocupa é longa e nem sempre certa. “O fato de uma pessoa estar na PM há muito tempo nada garante. Também não é possível entrar tenente-coronel, nem major, nem capitão. Exige cursos de capacitação, tem uma questão de merecimento, aptidão e, ainda, número de vagas”.
‘Sem planejar’
Quando diz que não havia um plano para chegar onde chegou, Fernanda contextualiza que o sonho, na verdade, sempre foi ser médica, inspirada por um tio, marido da irmã da mãe, que era dentista do Exército. “Perdi meu pai muito cedo, aos 9 anos, então ele era minha referência. E tudo começou daí”. :: LEIA MAIS »

SUDOESTE: Homem é morto a tiros na zona rural

A vítima, ainda sem identificação, portava dois facões, uma espingarda caseira e uma bolsa. DPT de Conquista levou o corpo ao IML.

Reprodução

Mais uma morte foi registrada na zona rural de Poções, nas proximidades das regiões do Mundo Novo e Santa Rosa. Informações chegadas ao Blog do Jeferson Almeida, nesta manhã de quarta-feira (22), dão conta de que o corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado com marcas de sangue às margens de uma estrada vicinal. Tudo indica que ele foi assassinado a tiros. A vítima portava dois facões, uma espingarda caseira e uma bolsa.


Além disso, as autoridades encontraram no local três equinos, sendo um deles, que estava selado, baleado. O DPT de Vitória da Conquista foi acionado e o corpo será removido para o IML. O caso está a cargo da Polícia Civil. Esse é o terceiro homicídio registrado em Poções somente neste mês de maio.

Blog do Jeferson Almeida

REGIÃO: Polícia Civil elucida duplo homicídio de casal de idosos mortos em Mascote e Potiraguá

Segundo Daniel Nunes de Sousa, 19 anos, autor das mortes, a vítima Gervasio Moreira de Castro, 76 anos, estaria supostamente lhe devendo a quantia de R$ 500,00 referente um motosserra, quando, então resolveu matá-lo.

Daniel Nunes

A ocorrência

Na segunda-feira (20), o autor de forma premeditada, procurou a vítima em Itaimbé, distrito de Potiraguá e lhe pediu uma carona para o distrito de Teixeira do Progresso, município de Mascote.

As vítimas: Gervásio Castro(76) e Myrian Partenostro(77)

Quando trafegavam na zona rural de Mascote, a bordo de veículo Fiat Strada, placa policial OVB-8389, Daniel disse que o pneu do carro estava vazio. Ao parar o carro para verificar o pneu, Daniel surpreendeu a vítima com vários golpes de facão na cabeça, facão este que o autor levava consigo para matá-lo.
Após golpear a vítima até a morte, o assassino arrastou o corpo da vítima para o mato, encobrindo-o com vegetação com o objetivo de ocultá-lo. Em seguida adentrou no veículo e retornou para o distrito de Itaimbé para matar a esposa de senhor Gervásio, pois ela presenciou a vítima saindo com o autor.
O bandido abandonou o veículo próximo à residência da vítima, subtraiu aproximadamente a quantia de R$ 400,00 que estava no interior do veículo e foi para a casa da vítima.
Ao chegar na residência, o autor foi recebido por dona Myriam Partenostro Ferreira de Castro, 77 anos, esposa do idoso já morto. O rapaz disse a ela que foi buscar uma bomba de encher pneus, quando na verdade queria pegar a motosserra.
Como dona Myriam viu seu esposo saindo com o jovem, ela autorizou sua entrada na casa.
No momento em que procuravam a motosserra, o autor agarrou a idosa pelo pescoço e lhe esganou até a morte, utilizando suas mãos e um pedaço de fio, fugindo da residência levando a motosserra e o aparelho celular da vítima.
Após os crimes, o autor escondeu o dinheiro roubado, o facão utilizado no crime e seus pertences próximo a um posto de gasolina em Itaimbé, bem como escondeu a motosserra em sua casa.
Ao chegar em sua casa, o autor foi abordado por Policiais Militares e conduzido para o plantão em Itapetinga, onde a princípio negou os fatos.
Já na manhã desta terça-feira (21), durante entrevista com os DPCs Roberto Júnior e Irineu Andrade, acabou por confessar os crimes, afirmando que levará os policiais no local onde deixou o corpo de Gervásio, onde escondeu os objetos subtraídos e a arma do crime.
Após a confissão do autor, equipes das 21a, 6a e 7a Coorpins, juntamente com o DPT e Policiais Militares da 8a CIPM, foram até a zona rural de Mascote onde localizaram o corpo do idoso encoberto por vegetação, num local ermo, visivelmente com a intenção de ocultar.
Os policiais Civis também localizaram e apreenderam o facão utilizado para ceifar a vida da vítima, a quantia de R$ 172,00 e o celular subtraído da segunda vítima, dona Myriam, esposa de Gervásio.
As investigações continuam, não descartando a possibilidades de latrocínio e outras linhas de investigação.
O autor foi apresentado na sede da 6a Coorpin-Itabuna, onde foi autuado em flagrante por duplo homicídio qualificado, ficando à disposição da Justiça de Mascote. :: LEIA MAIS »

PARÁ: Criminosos promovem banho de sangue e matam 11 dentro de bar

A matança ocorreu na tarde deste domingo (19) em Belém do Pará, que havia recebido reforço da Força Nacional. Quase todas as vítimas foram baleadas na cabeça.

Chacina em bar deixa onze mortos no Pará (Reprodução).

Uma chacina deixou 11 mortos em um bar no bairro do Guamá, em Belém, por volta das 16h deste domingo (19), segundo a polícia. Uma pessoa ficou ferida e está sob proteção policial. De acordo com as investigações, uma festa ocorria no local quando sete homens encapuzados chegaram em uma moto e três carros e dispararam contra as vítimas. Quase todas foram baleadas na cabeça, segundo o secretário de segurança pública do Pará, Ualame Machado.

As imagens são fortes, assista com cuidado. CLIQUE AQUI!

Dos 11 mortos, 6 são mulheres e 5 são homens. Um vídeo feito logo após o massacre mostra as vítimas baleadas e caídas pelo estabelecimento, que tinha autorização para funcionar. Uma mulher estava deitada em cima do balcão do bar. Havia mais pessoas no local, mas elas conseguiram fugir, segundo Machado. Até as 20h, as autoridades havia identificado 7 dos mortos, mas os nomes e as idades não foram divulgados.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o crime e realiza buscas. Não há informações sobre a motivação do crime e, até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso. “Estamos com poucas horas do ocorrido. Claro que temos algumas linhas de investigação, que estão sob sigilo, porém todas elas serão analisadas com muito cuidado, muito rigor”, afirmou Machado, em entrevista coletiva na noite deste domingo. :: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia