WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: 9/jul/2019 . 18:08

BRASIL: Governo fará ajustes na reforma para facilitar aposentadoria das mulheres

O governo aceitou fazer uma modificação no relatório da reforma da Previdência para facilitar a aposentadoria das mulheres.

Reprodução

A mudança — que será feita na forma de destaque apresentado por partidos da maioria, durante a votação do texto no plenário da Câmara dos Deputados — vai permitir que as mulheres possam ter direito a 60% do valor do benefício a partir dos 15 anos de contribuição. Ao atingir esse critério, elas poderão receber 2% a cada ano a mais na ativa.
No relatório aprovado na comissão especial, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) reduziu o tempo mínimo de contribuição das mulheres de 20 anos para 15 anos. Com isso, elas teriam direito a 60% do benefício. No entanto, só receberiam mais 2% por ano após os 20 anos de contribuição.
Isso faria com que tanto a mulher que se aposentasse com 15 anos de recolhimento, quanto a que se aposentasse com 19 anos de contribuição ao INSS, por exemplo, recebessem 60%, o que desestimularia as mulheres a contribuírem por mais tempo.
Com a mudança acordada com o governo, a mulher começa a receber os 2% adicionais a partir dos 15 anos de contribuição.
A medida beneficia mulheres com direito a aposentadoria em valor superior ao salário mínimo e vai representar, em média, um ganho de 10% sobre a média das contribuições, segundo técnicos a par das negociações. Com 25 anos de contribuição, por exemplo, as mulheres terão direito a 80% do valor do benefício. O percentual incide sobre a média de todas as contribuições. De acordo com estimativa preliminar, o impacto deve superar R$ 20 bilhões em 10 anos.
A alteração contempla a bancada feminina na Câmara e faz parte do esforço para conseguir os 308 votos necessários à aprovação da reforma. Moreira manteve o tempo mínimo de contribuição dos homens em 20 anos. / Extra.

Calcule o tempo que falta para você se aposentar CLICANDO AQUI

Catequista é acusado de estuprar 12 crianças da própria família; relatos são chocantes

A reportagem é de Nathália Cardim, do Metrópoles.

José Antônio, 47 anos / Reprodução

Acusado de pedofilia, o professor de catequese José Antônio Silva, 47 anos, continua foragido. Na 4ª Delegacia de Polícia, no Guará (DF), pelo menos 12 vítimas já relataram o que viveram nas mãos do homem considerado, até as primeiras denúncias, acima de qualquer suspeita. Todas elas são familiares de José Antônio e teriam sido abusadas em um quarto da casa dos pais do suspeito. As crianças tinham entre 4 e 10 anos na época em que os crimes foram cometidos.

De acordo com o delegado adjunto da 4ª DP, Douglas Fernandes de Moura, a história veio à tona em maio deste ano, após um sobrinho, hoje com 30 anos, denunciar José Antônio. “A primeira vítima compareceu à delegacia noticiando esses abusos ocorridos há algum tempo e informou que, por ser um parente, tinha medo de manchar a imagem da família. Por isso, não denunciou antes. Mas se sentiu encorajado após ver José Antônio se aproximar de seu bebê. Ficou com medo de a história se repetir”, ressaltou o investigador.
Ainda segundo o delegado, José Antônio se valia da confiança que tinha dos familiares e levava as crianças para o quarto na casa dos pais, no Guará. As vítimas identificadas são, na maior parte, sobrinhos do acusado. “Ele falava que mostraria desenhos, que eles jogariam videogame, e praticava os abusos, que variavam entre prática de sexo oral e penetração anal. Além disso, ejaculava na boca das crianças e dizia que aquilo era bom para elas crescerem fortes e saudáveis. Que era para eles aprenderem e, quando crescessem, praticar com as namoradas”, detalhou o policial.
O caso impressionou até mesmo os investigadores. “Muito chocante pela proximidade que ele tinha com as vítimas. Todos os policiais da delegacia, especializados na matéria de combate a abuso contra crianças, nunca tinham visto uma situação tão absurda como essa”, disse Douglas Moura.


Das 12 vítimas até o momento identificadas, 11 são meninos e há apenas uma mulher. A delegacia tem informação de outras seis vítimas que foram abusadas, mas ainda não procuraram a delegacia para depor. José Antônio dava aula de catequese na Paróquia Divino Espírito Santo, no Guará II, e também em uma escolinha de futebol.
Não tinha emprego formal e nenhum histórico criminal. Revezava-se entre as atividades com as crianças e bicos de manutenção, enquanto a mulher passava o dia fora, trabalhando. “Os abusos começaram ainda quando ele morava com a mãe: levava as crianças para lá quando não havia ninguém. Depois de casado, aproveitava os momentos em que a mulher estava fora para violentar as crianças”, salienta o delegado.

Quebra-cabeças de crianças nuas
A polícia tenta encontrar fotos e vídeos que José Antônio teria gravado enquanto praticava os estupros. Uma das vítimas contou, em depoimento, que o acusado deu de presente um quebra-cabeças com fotos de crianças nuas para os meninos. “Não encontramos essas imagens. Se ele as tinha, ocultou ou destruiu”, disse o investigador. :: LEIA MAIS »

Estado abre mais de 20 mil vagas para cursos técnicos de nível médio

A Secretaria da Educação do Estado abriu hoje (4) inscrições para mais de 20 mil vagas de cursos técnicos de nível médio.

Reprodução

As vagas são destinadas aos Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital e em mais 97 municípios. As inscrições devem ser feitas até dia 14 deste mês no portal da secretaria (CLIQUE AQUI).
Ao todo, são ofertados 45 cursos, nas formas de oferta Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos (PROEJA Médio) e Subsequente ao Ensino Médio (para quem já concluiu o Ensino Médio na rede pública e quer voltar a estudar).
Entre os cursos, estão Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, instrumento Musical, Documentação Musical e Regência. / Recôncavo News.

REGIÃO: Dnit confirma interdição da ponte do Jequitinhonha

Interdições ocorrem dias 14,16,18 e 20 para recuperação estrutural da ponte.

Reprodução

O tráfego na ponte do Rio Jequitinhonha, localizada no km 663 da BR-101, perto de Itapebi, será interrompido durante quatro dias deste mês.
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), órgão responsável pela obra, divulgou datas e horários das interdições, que serão necessárias para a execução da primeira etapa dos serviços de recuperação estrutural da ponte.
No próximo domingo (14), a interdição total da ponte ocorre das 5h às 17h. Já nos dia 16, 18 e 20 de julho o bloqueio será realizado das 6h às 14h.
Durante os quatro dias serão executados serviços de concretagem das novas transversinas 1 e 2 e do tabuleiro da ponte.
Conforme a informação, as datas e horários da segunda etapa, previstos para início de agosto, serão divulgados posteriormente com antecedência.

As interdições vão bloquear o trânsito de veículos na BR-101, uma das mais importantes rodovias de ligação entre o Nordeste e o Sul e Sudeste do Brasil. Por conta disso, todo o fluxo de veículos só poderá ser feito pela BR-116. / Radar64.

BAHIA: Desastre com micro-ônibus de prefeitura baiana deixa 5 mortos

Vítimas foram identificadas. Outras doze pessoas foram socorridas. Veículo teria batido no fundo de um caminhão ao passar por um quebra-molas.

Reprodução

Um gravíssimo acidente foi registrado na noite desta segunda-feira, 08, na BR 324 trecho que liga Tanquinho a Riachão do Jacuípe, mas precisamente no Povoado São João, pertencente ao Município de Candeal e envolveu um micro-ônibus da Secretaria de Saúde de Capela do Alto Alegre e um caminhão com placa de Poços de Caldas – MG, que seguia no sentido Norte do Estado, muito possivelmente para buscar verdura e legumes, já que a carga era de caixas vazias.
De acordo com a Policia Rodoviária Federal – PRF o acidente tipo colisão traseira aconteceu por volta das 20h20 quando o caminhão muito possivelmente no momento que reduziu a velocidade para passar no quebra-molas do povoado, o ônibus que estava retornado de Salvador com pessoas que tinham ido realizar exames médicos, acabou colidindo no fundo, rodou na pista e ficou com a posição contrária no acostamento, enquanto o caminhão saiu da pista.
Morreu no local o motorista do micro-ônibus identificado por Jânio do Prado Maciel, 56 anos, e José Mário dos Santos, 55. A terceira vítima fatal foi o aposentado identificado por Benício Guedes, 76 anos ao dar entrada no Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe. Eulalia Peixoto e Carla Edisia não resistiram aos ferimentos e morreram durante a transferência para Feira de Santana. Carla era enfermeira e residia no Povoado de Ipiraí.

Outras doze pessoas foram socorridas pela equipe da Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses que utilizou duas ambulâncias da instituição e pediu o apoio do município. Lucival de Jesus Souza é presidente da Brigada Anjos Jacuipenses ele esteve com sua equipe minutos depois do acidente. Ele disse ao Calila Noticias que recebeu uma primeira ligação por volta das 20h20 sendo informado do acidente em São João, mas que seria um carro de passeio invadido uma casa, a equipe se deslocou e antes foi informado de que seria algo muito mais grave. “Quando chegamos o local, deparamos com uma cena muito chocante, pelo menos nove pessoas entre as ferragens e outras caídas pelo chão, foi quando pedi o apoio de mais socorristas e outras ambulâncias, pois, tinha muita gente em estado grave. Demos mais de duas viagens socorrendo as pessoas, e olha que não é tão perto, são cerca de 20 km até chegar ao hospital”, contou o socorrista. / Calila Notícias.

PM mata pai na frente da filha dentro de cinema, por causa de briga por “poltrona”

Julio Cesar Cerveira Filho foi morto pelo policial militar ambiental Dijavan Batista dos Santos, que já está preso. PM alegou que foi “provocado” pela vítima.

Reprodução

O policial militar ambiental suspeito de matar Julio Cesar Cerveira Filho dentro de uma sala de cinema em Dourados (MS) na tarde desta segunda-feira (8) não conhecia a vítima, de acordo com o delegado Rodolfo Daltro. Segundo a polícia, a briga que terminou com a morte de Julio teria começado por uma discussão sobre poltronas. No boletim de ocorrência, o policial militar (atualmente lotado na Polícia Militar Ambiental) Dijavan Batista dos Santos relata que estava acompanhado de seus dois filhos, um de 10 e um de 14 anos.
A vítima teria “começado a abrir braços e pernas” ao lado do garoto mais velho do suspeito, momento em que o pai trocou de lugar com o menino. Em seguida teria acontecido uma discussão entre autor e vítima, momento em que Julio, ao sair de sua poltrona e passar pelo filho de Dijavan, teria batido no rosto do adolescente. De acordo com testemunhas que estavam na sala 1 que exibia “Homem-Aranha: Longe de Casa”, quando a dupla chegou à porta entraram em luta corporal, momento em que o autor sacou uma pistola .40 e disparou contra a vítima, atingindo-lhe o pescoço. Júlio Cesar foi morto na frente da filha de 16 anos.
O G1 conversou com a esposa de Julio, que prefere não ser identificada neste momento para preservar a família. Ela disse que ela e a filha estão em casa muito abaladas e medicadas, e não tiveram condições emocionais de prestar depoimento à polícia, mas devem ser ouvidas nesta terça-feira (8). A esposa relatou que estava em casa no momento do crime e que o marido havia lhe mandado uma mensagem dizendo que a sala de cinema estava cheia e que houve uma confusão com as poltronas que ele e a filha ocupariam. Ela chegou a pedir que o esposo voltasse para casa. Após o crime, a filha do casal foi amparada por amigos que estavam no shopping.

Em nota, o tenente coronel da PM Carlos Silva afirmou que o PM ligou para a polícia comunicando o crime: “Ele ligou para o 193 e 190 após o fato informando que seria o autor, aguardou a equipe no local e se apresentou”, diz o comunicado. Ele informou que serão instaurados dois inquéritos, um pela Polícia Civil e outro pela Policial Militar. Dijavan foi preso em flagrante. Ainda não há informações sobre a defesa do policial.
Muitas crianças presenciaram o crime na sala de cinema, segundo a polícia. A fisioterapeuta Ivone Costa Lima estava com três crianças e acompanhou toda a cena: “Nós estávamos na fileira 6 e eles estavam na 7, nas nossas costas. Começou uma :: LEIA MAIS »

BRASIL: Idosas são resgatadas após cavarem quintal por mais de 8 anos

De acordo com relatos de moradores, elas cavavam há mais de 8 anos, usando uma colher de pedreiro. Para sair do imóvel, utilizavam uma escada.

Reprodução

Familiares das idosas Maria Rita, 76 anos, e Maria José, idade não informada, as resgataram e alugaram uma casa para morarem, após vários alertas de vizinhos sobre as condições em que ambas viviam, em um imóvel no Benedito Bentes, parte alta de Maceió.
Conforme vídeos e fotos feitos no local, as mulheres costumavam cavar o barro em volta da área construída, chegando a deixar o alicerce do imóvel exposto mais de um metro acima do nível da área externa.
De acordo com relatos de moradores, elas cavavam há mais de 8 anos, usando uma colher de pedreiro. Para sair do imóvel, utilizavam uma escada.
De acordo com nota da Secretaria Municipal de Assistência Social de Maceió, técnicos realizaram uma visita às idosas nessa segunda (8), por meio do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas).
Eles acionaram a equipe da Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde para prestar assistência psicológica às duas, já que há indícios de que sofram de algum transtorno.

Uma nova visita estava agendada para a tarde desta terça-feira (9), mas como os familiares das mulheres foram contactados, o resgate foi feito ainda ontem.

Risco às casas vizinhas
A Defesa Civil também esteve na casa, de número 16 na rua A, no Benedito Bentes, e após vistoria recomendou o reaterro da área para evitar danos nas edificações vizinhas. / R7





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia