WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

junho 2019
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 28/jun/2019 . 21:19

ITARANTIM: Atenção com notas falsas no comércio deve ser redobrada

Cuidado com dinheiro falso. Algumas notas já foram passadas no comércio de Itarantim.

Reprodução ilustrativa

Todos devem ficar atentos sobre a circulação de notas falsas, pois é justamente nesse período de festas juninas e eventos tradicionais e também nos horários de pico do comércio que espertalhões se aproveitam do movimento para passar dinheiro falso.
Assim os consumidores e lojistas devem ficar atentos. Uma das táticas mais utilizadas é utilizar notas falsas de valores altos para comprar itens baratos, em busca do troco ‘limpo’. O perigo está aí, a pessoa que recebe uma nota falsa quase sempre terá de arcar com o prejuízo, porque não existe uma legislação que garanta a troca por dinheiro verdadeiro. Se o saque for feito em caixa eletrônico, a recomendação é que o consumidor tire um extrato que comprove o saque e procure o gerente da agência afim de que possa haver um entendimento mútuo acerca do ressarcimento dos valores.
Nesta quinta-feira (27), um comerciante informou em uma publicação numa rede social que havia recebido uma nota falsa. A nota de r$ 100, 00 (cem reais) foi usada como pagamento em seu estabelecimento.
O comerciante alertou para o perigo pedindo à população para que fique atenta. “Está circulando várias notas falsas de cem reais aqui na cidade. Nós fomos sorteados com uma dessas ”, disse o comerciante.
Quem falsifica, fabrica, adquire, vende, troca, guarda ou tentar colocar uma cédula falsa em circulação está passivo de prisão com penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão.
Por isso, é importante não repassar a nota. Ao receber dinheiro falso deve procurar a Polícia ou entregar a um banco, que fará o encaminhamento.
O crime de moeda falsa está previsto no artigo 289 do Código Penal.

Saiba quais modelos de celulares não terão mais acesso ao WhatsApp

Veja se o seu aparelho será afetado. A empresa garante que os usuários ainda podem usar o app até fevereiro de 2020.

Reprodução

É raro conhecer alguém que, hoje em dia, não use o WhatsApp. Porém, a empresa responsável pelo aplicativo advertiu os usuários: aqueles que não comprarem um celular novo ou não atualizaram o sistema operacional em mais de seis anos vão ser obrigados a parar de usar a funcionalidade.
No caso dos usuários de aparelhos com Android, serão afetados aqueles com sistema operacional 2.3.7 ou anterior. Nos iPhones, os clientes com iOS 7 ou versões anteriores serão atingidos.
Em um artigo com perguntas e respostas no site oficial, a empresa afirmou que “nas seguintes plataformas, não é possível criar novas contas ou reverificar contas existentes”. Porém, fez um aviso: “No entanto, se você já usa o WhatsApp, pode continuar usando-o até fevereiro de 2020”.
Os modelos Samsung Galaxy S3, Galaxy Nexus do Google ou Sony Xperia S, que usam sistemas Android desatualizados, vão ser afetados. Os iPhones 3G, 3GS ou iPhone 4 serão impactados pela decisão.
Já quem usa o sistema operacional Windows Phone terá ainda menos tempo: o prazo final é 31 de dezembro. A partir dessa data, o aplicativo não estará mais disponível na Microsoft Store. “É possível que já não esteja disponível a partir de 1º de julho de 2019 “, adverte o app.
Apesar dos exemplos de aparelhos, o importante é ficar atento se o sistema operacional está atualizado. Para Android, basta acessar o menu “Configurações” e procurar e a seção “Sobre o dispositivo”, seguido de “Info.software”: ali você obterá a informação. No iPhone, o caminho é “Geral” no menu “Ajustes” e depois em “Sobre”, onde será mostrada a versão. O usuário pode tentar atualizar o sistema, mas nem sempre isso é possível. / Metrópolis.

Contas de luz terão bandeira amarela no mês de julho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira, 28, que as contas de luz vão ter a bandeira amarela no mês de julho, com taxa extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh).

Reprodução

Em junho, as tarifas estavam com a bandeira verde, sem custo adicional para o consumidor.
“Julho é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios”, disse a Aneel.
“Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da bandeira amarela.”
As duas variáveis que definem o sistema de bandeiras tarifárias são o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD) e o nível dos reservatórios das hidrelétricas, medido pelo indicador de risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês).

Escala
No sistema de bandeiras tarifárias, a bandeira verde não tem cobrança de taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. No primeiro nível da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 4,00 a cada 100 kWh. E no segundo nível da bandeira vermelha, a cobrança é de R$ 6,00 a cada 100 kWh. :: LEIA MAIS »

REGIÃO: Mãe e filho são presos com drogas dentro de casa

“Kaique de Carmen” como é conhecido, tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas foi alcançado e preso.

Reprodução

Mãe e filho foram presos na última quinta-feira, 27, após policiais encontrarem mais de meio quilo de maconha prensada, outras 56 buchas da mesma droga e um simulacro de pistola calibre 45, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência dos suspeitos, no município de Ibicaraí (distante 470 quilômetros de Salvador).
De acordo com a Polícia Civil, a dupla foi identificada como Ewerton Kaíque Pereira dos Santos, de 26 anos, e Carmem Lúcia Alves Pereira, de 49. Ao perceber a chegada da polícia, “Kaique de Carmen” como é conhecido, tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas foi alcançado e preso.
Ambos foram conduzidos para a DT/Ibicaraí e autuados em flagrante, ficando à disposição da Justiça. / A Tarde.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia