O presidiário João Victor Queiroz de Jesus, vulgo, Fedor, estava desaparecido na cidade de Itapetinga desde a última quinta-feira (18), após saidão de Páscoa.

Reprodução

No sábado (20) pela manhã, a polícia recebeu informações que um corpo queimado e em estado de decomposição se encontrava em um matagal no Bairro Vila Isabel. A polícia confirmou o óbito,  e o corpo foi identificado como sendo de João Victor.

De acordo com o Itapetinga Agora, familiares afirmam que ele estava em casa, quando um amigo de nome  Matheus o chamou e retornou horas depois sem ele.

Fedor é acusado de dezenas de crimes em Itapetinga,  entre eles do homicídio de Anderson (Dudu), de Geo Gordo e de vários assaltos na cidade.

 

 

 

Itapetinga Agora